quarta-feira, 16 de março de 2011

Formação Pessoal e Social

 Por Verônica D’arc Freire B. Barbosa*
           Na formação social e pessoal desde cedo a criança procura conhecer o mundo que o rodeia, E essa necessidade de descobrir esse mundo,  caracteriza o conhecimento que é a descoberta da cultura, dança, movimentos., da interação social. Etc. No Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil (RCNEI) I e III está citado que desde muito cedo é importante as crianças efetuarem escolhas e assumirem pequenas responsabilidades, pois, isso favorece  o desenvolvimento da autonomia. E o desenvolvimento da identidade e da autonomia estão intimamente relacionadas com os processos da socialização. Nas interações sociais se dá a ampliação dos laços afetivos que as crianças podem estabelecer com as outras crianças e com os adultos. O trabalho educativo pode criar condições para as crianças conhecerem, descobrirem e ressignificarem  novos sentimentos, valores, ideias, costumes e papéis sociais.
Na formação social e conhecimento de mundo segundo o RCNEI, a aceitação é positiva, todas as crianças estarão aprendendo sobre a diferença e a diversidade que constituem o ser humano e a sociedade. Para se desenvolverem as crianças precisam aprender com os outros, por meio dos vínculos que estabelece. As instituições de ensino de Educação Infantil devem favorecer um ambiente físico e social onde as crianças sintam protegidas e acolhidas, seguras para se arriscarem e vencer desafios. Conclui-se que para a formação social é necessário a integração social, que naturalmente levará a um conhecimento de si e de mundo, ou seja, uma coisa conduz a outra, estão interligadas entre si. Se tratando de escola, ela é uma instituição com objetivos criados pela professora, coordenadoras e diretoras para proporcionar um ambiente de integração e auto-estima para as crianças. Sabe-se que é  na família os primeiros contatos de formação social e conhecimento de mundo, por isso seria importante uma política social pública voltada para as famílias, que trabalhasse a importância da primeira infância.

 * A autora do texto é estudante da turma 3 do curso de Licenciatura Em Pedagogia - EAD/UFRPE e cumpre atividade da disciplina  Fundamentos da Educação Infantil - Pólo Pesqueira / PE

2 comentários:

  1. PAULA FLACINETE TURMA 3 PÓLO PESQUEIRA

    RCNEI Formação pessoal e social
    REFLEXÕES SOBRE O BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL



    O eixo formação pessoal e social trata da construção da autonomia e identidade da criança onde ele desenvolve seu potencial, habilidades e pode fazer tudo com interação com o outro e consigo mesmo, gostaria de ressaltar as brincadeiras e falar sobre o brincar na educação infantil a partir da concepção que esta é uma atividade que faz parte da formação histórica e cultural da criança. O brincar no espaço das instituições de educação infantil é algo que precisa ser repensado, pois as brincadeiras são algo que a criança traz consigo e precisa ser respeitado e cultivada de forma mais séria e compromissada. A preocupação em torno da educação infantil tanto em termos de políticas públicas como em discussões e produções acadêmicas e científicas vem crescendo no Brasil. Neste contexto, o lugar do brincar, e como ele vem sendo desenvolvido nas instituições de educação infantil merecem igual preocupação. . Porém, o que se observa é que vivemos em um mundo cada vez mais violento, onde há um fechamento institucional e o brincar livremente das crianças por vezes vem sendo privado por conta deste cotidiano conturbado e caótico , considerados na diminuição do espaço do brincar na sociedade atual. Considerando o fato de que as crianças vêm cada vez mais perdendo o espaço da brincadeira em seu cotidiano, as instituições de educação infantil se apresentam muitas vezes como um importante lugar para que as crianças possam experimentar esta atividade. No entanto, o espaço do brincar na escola de educação infantil é algo ainda permeado de incertezas e não se tem dado o devido valor ao espaço para a realização e desenvolvimento do potencial da criança e dessa forma amadurecer seus conhecimentos e enriquecer sua formação.

    ResponderExcluir
  2. Rita de Cássia dos Santos Pedagogia 3
    Eixo: FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL

    Esse eixo engloba a criança como um todo. Um ser social que ao nascer já é introduzido na sociedade, com esse acesso a criança vai se desenvolvendo e tendo uma aprendizagem significativa. O contato com o âmbito familiar favorece todo esse processo onde o aluno começa a ter as suas particularidades. É no convívio familiar o passo maior para que a criança tenha a sua autonomia e vá construindo a sua identidade, conhecendo quem é verdadeiramente, descobrindo o meio em que está inserida e assim, no meio social colocar em prática esse aprendizagem e , podendo assim, continuar com ele, ou modifica-lo lá fora dependendo do contexto social que ela é inserida.

    ResponderExcluir